TEOTERAPIA
Um lugar para pensar sem sentimento de culpa


Inicio


Acerca de
Suscríbete al blog

Categorías
Main [1] Sindicar categoría
Biblioteca [3] Sindicar categoría
Downloads [1] Sindicar categoría
Educação [1] Sindicar categoría
Espiritualidade [2] Sindicar categoría
Humor [2] Sindicar categoría
Informática [1] Sindicar categoría
Lider Sec. XXI [3] Sindicar categoría
Links [1] Sindicar categoría
Livros [2] Sindicar categoría
Pessoal [1] Sindicar categoría
Sermões [4] Sindicar categoría
Teologia [6] Sindicar categoría

Archivos
November 2006 [4]
October 2006 [12]
September 2006 [12]

Sindicación (RSS)
Artículos
Comentarios

 


O ABUSO DE AUTORIDADE

NICARÁGUA

Apóstolos se crêem ungidos de Deus, dizem líderes evangélicos

Por Trinidad Vázquez

 MANÁGUA, 20 de novembro (ALC) - O título de apóstolo está na moda na América Latina e no Caribe, onde pastores se consideram ungidos de Deus, validados pelo crescimento de suas igrejas, mas assumindo posturas autoritárias,  asseguraram pastores e líderes evangélicos no debate com o teólogo norte-americano Juan Stam.  Após proferir conferência sobre Poder e Autoridade no marco das atividades dos 90 anos da Primeira Igreja Batista de Manágua, que a denominação celebrará em março de 2007, Stam declarou à ALC que muitos pastores atuam como ditadores ao se intrometerem em todos os aspectos da vida dos fiéis, como se tudo soubessem ou estivessem em linha direta com o Todo-Poderoso. "Eu recomendo a esses pastores que aprendam a consultar e trabalhem em equipe, em grupos, que consultem e que acompanhem os seus fiéis", disse o teólogo. 

 Essa tendência ditatorial provoca malefício às pessoas e acontece em todos os países da América Latina, agregou o teólogo. Ele contou que ouviu fiéis afirmarem que amam a sua igreja, mas não gostam que o pastor escolha com quem devem casar.  

Stam disse, na conferência, que o apóstolo é o enviado, o mensageiro, e na Bíblia não aparece nenhuma sucessão de apóstolos, mas sim que eles foram testemunhas da ressurreição. A verdade é que esse titulo está na moda e pastores ou líderes utilizam-no porque dá mais autoridade, mas sobretudo recorrem ao título aqueles pastores que têm sede de poder e dinheiro. Outros usam esse nome porque o titulo de pastor é muito pequeno para pregadores de mega-igrejas. "O que a Igreja precisa é de servos", destacou. 

 O pastor da igreja Batista, Félix Ruiz, disse que o movimento de apóstolos que se entendem ungidos está criando conflito nas congregações e que nas igrejas da Convenção Batista já ocorreram divisões. Na Nicarágua pastores usam o termo apóstolo e até mesmo de benfeitores da humanidade. 

 Stam disse que é preocupante para a Igreja escutar um pregador que sabe tudo, que só ele é autorizado, que só ele pode levantar a voz. Essa tendência hierárquica não é sadia na igreja, destacou.  O teólogo norte-americano pediu aos pastores para não sejam autoritários. Quanto à participação dos evangélicos na política, o teólogo respondeu que é impossível não se meter em política, mas que é preciso fazê-lo sendo mais evangelista do que político. É um desafio cristão a participação política na busca de um governo justo, em igualdade econômica, fazendo os que têm mais doarem bens aos que têm menos, afirmou.


Por jotaeme77 - November 23rd, 2006, 14:37, Categoría: Teologia
Enlace Permanente | Comentarios 4 | Comentar | Referencias (4)




<<   November 2006    
SMTWTFS
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30   

Blogues
Batistas
Reforma e Carisma

Sites em Espanhol
Clai
Jovens Batistas Chile
Pergaminhos NT

Sites em Inglês
Biblioteca
Clasicos Cristãos
E-Sword
Judaismo
Religião

Sites Favoritos
* 1a.Batista CG-MS
* Pr. Caio Fábio
* Prazer de Ler
* Ricardo Gondim
* Rubem Alves
* Toca do Estudante
* UMESP-Posgraduação

Sites Gerais
Biblia World
Biblioteca Virtual
Casa do Bruxo
Clipping Jornais Br
Fathel
Folha de Sao Paulo

 

Blog alojado en ZoomBlog.com